RH: tecnologia auxilia na gestão de pessoas

Trabalho híbrido, controle de ponto digital e administração de pessoal com inteligência artificial (IA) são exemplos de inovação no setor

As empresas contemporâneas têm estabelecido novas relações com suas equipes, o que demanda utilizar ferramentas inovadoras de gestão de pessoal. A tecnologia da informação atua de maneira cada vez mais inteligente nos processos produtivos, e o setor de recursos humanos (RH) deve ser impulsionado por algumas tendências, como o trabalho híbrido, o controle de ponto digital e a administração de pessoal com inteligência artificial (IA).

Segundo pesquisa da Gartner, apesar do trabalho híbrido não ser regra, 92% dos profissionais esperam que suas equipes atuem de forma híbrida daqui para frente. Foram entrevistados mais de 500 líderes de RH para avaliar suas prioridades para 2022. Entre elas, estão fatores como a adaptação para o home office, a nova reestruturação para o formato híbrido de trabalho e a identificação das tendências para o setor.

A importância do papel da tecnologia no futuro do trabalho ficou evidenciada em um relatório produzido pela Oracle. De acordo com o levantamento, uma das descobertas foi que 85% dos entrevistados querem que a tecnologia os auxilie a definir o seu futuro. Em parceria com a Workplace Intelligence, foram entrevistados mais de 14 mil funcionários, gerentes, líderes de RH e executivos C-Suite em 13 países, incluindo o Brasil.

Inteligência artificial

A inteligência artificial é a capacidade das máquinas aprenderem e desenvolverem trajetórias a serem seguidas nos processos automatizados. Trata-se de um recurso que se tornou fundamental para analisar padrões de comportamentos em empresas, considerados úteis nas tomadas de decisões.

Com a IA, os processos de contratação, por exemplo, se tornam mais rápidos e eficazes. Isso porque os robôs são capazes de executar tarefas simples e comuns por meio de algoritmos. A automação de contratos ainda reduz a burocracia e fornece uniformidade ao sistema.

Outro aspecto deve ser considerado. O alto número de dados gerados em uma empresa demanda o uso de ferramentas que permitam análise e organização. Softwares com inteligência artificial usam bancos de dados para sugerir análises mais detalhadas e profundas, que podem contribuir com inovação e eficiência nos processos de trabalho.

A análise de dados passa a ser vital no universo dos negócios, inclusive no setor de recursos humanos. Como uma parte significativa das atividades do RH se resume à coleta de dados, a IA contribui graças à sua capacidade de filtrar informações conforme a relevância. Esse procedimento economiza tempo e esforço, e a equipe de RH pode se concentrar em outras atividades estratégicas e de caráter humano.

Vale ressaltar que o uso de IA no setor de recursos humanos não significa substituição de humanos por máquinas ou computadores. O trabalho no dia a dia segue sendo desenvolvido por pessoas, sendo a tecnologia um suporte inovador para a tomada de decisões e organização de atividades.

Tecnologia para o RH e controle de ponto

Em fevereiro de 2022 entrou em vigor a Portaria Nº. 671/2021 do Ministério do Trabalho e Previdência que, entre outras medidas, regulamenta o controle de jornada eletrônico. O dispositivo autoriza o uso de softwares coletores de marcações de ponto, desde que certificados pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi). Os programas podem ser executados em nuvem ou em servidores dedicados.

A computação em nuvem e a conectividade são recursos que possibilitam uma gestão otimizada de pessoas. Funcionários podem trabalhar de maneira remota sem que isso interfira em seu desempenho, e gestores podem lançar mão de otimização de tempo e espaço como as reuniões feitas por videoconferências.

O controle da jornada dos profissionais de uma empresa, por exemplo, é algo que faz parte da rotina do setor de gestão de pessoas. Manter a organização da folha de ponto é essencial para que o registro de horários seja feito da maneira correta. Além disso, é fundamental para que a empresa respeite a lei sobre controle de ponto e evite problemas judiciais.

Com as novas tecnologias especializadas, é possível que os funcionários façam o registro do início e do fim da jornada de trabalho, dentro e fora do escritório, de maneira eficaz e precisa. Essas opções têm sido cada vez mais utilizadas pelas organizações, já que atendem todos os modelos de trabalho.

Há algumas principais formas tecnológicas de se fazer o controle de ponto presencial. Uma delas é o uso de sistemas com detecção de impressões digitais, chamados biométricos. Outra é a leitura por proximidade RFID, que utiliza cartões de PVC, chaveiros ou pulseiras. É possível ainda usar o escaneamento de QR Code.

Mais uma opção atual é a geolocalização, uma forma de controle de ponto on-line que permite ao gestor saber de onde o colaborador faz o registro de horas trabalhadas. Além dela, pode-se usar o software de Departamento Pessoal e RH, um sistema que inclui relógio de ponto, diferentes alternativas para o registro de horário, além de outras funções.

Considerações finais

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe da Experta Media para o Blog Gauchaweb.

Gostou do nosso conteúdo sobre RH e sua tecnologia disponível? Então compartilhe ele em suas redes sociais. Se você precisa iniciar um site, blog ou comércio eletrônico, solicite orçamento enviando uma mensagem ou ligue (51) 99537-9296 ( VIVO / Whatsapp ). Siga Gauchaweb no Facebook ou e Gauchaweb no Instagram.

Deixe um comentário

Open chat
Precisa de um site?
Gauchaweb
Olá!
Precisa de um site, blog ou loja virtual?
Fale comigo agora...