Tendências que vão remodelar pequenas empresas em 2022

Tendências tecnológicas e de negócios que irão impactar a estratégia das pequenas empresas do Brasil em 2022

Quando falamos em tendências para pequenas empresas, em meio a uma pandemia, esse tema pode parecer muito complexo e cheio de incertezas, porém algumas situações já ocorrem desde 2020 e devem ser bem comuns em 2022.

Todos sabemos que nos últimos dois anos, a única certeza dos pequenos empresários foi a necessidade de mudança na estratégia dos seus negócios. Milhares de empresas mudaram seu modelo de negócio no início da pandemia, introduzindo novos produtos ou serviços e adotando novos canais de comunicação, como a criação de um novo site ou o lançamento de um novo perfil de rede social para alcançar seus clientes.

Outros milhares lançaram novos negócios do zero, detectando oportunidades inexploradas em nosso “novo normal” coletivo.

Agora, à medida que avançamos 2022, vemos os impactos dos últimos dois anos cristalizando e novas tendências surgindo, como o início do metaverso para mudar a forma como definimos pequenas empresas e como as pequenas empresas operam, on-line, off-line e de forma híbrida.

Confira 4 tendências para pequenas empresas em 2022

1. Empreendedorismo em evolução

Em todo o Brasil e também no mundo, as pessoas repensaram ideias e sonhos passados, como a necessidade de conduzir alguns negócios individualmente, e novas ideias e negócios emocionantes nasceram. Isso efetivamente redefiniu o que significa ser um empreendedor, agregando mais diversidade ao espaço de pequenos negócios.

Em 2022, essa tendência vai acelerar ainda mais, à medida que um número recorde de empresas e projetos pessoais está previsto para ser iniciado. Uma das evoluções mais interessantes é a frequência crescente que estamos vendo os criadores transformarem sua paixão em um negócio. E convenhamos, fazer o que gosta e ainda gerar receita com isso é o grande sonho da maioria de nós, não é mesmo?

Uma amiga minha, empresária consolidada no ramo de desentupidoras no Rio Grande do Sul, recentemente abriu uma filial da desentupidora em Niterói, no Rio de Janeiro, mas não deixou de repensar antigos projetos pessoais. Nesse momento estamos desenvolvendo seu blog de conteúdo, onde ela irá transmitir através de publicações, suas experiências de vida, pessoais e profissionais, além de compartilhar os mais diversos temas em suas publicações. É um grande exemplo de evolução do empreendedorismo, praticado por alguém que parecia estabelecida e definitivamente consolidada em um segmento, mas que enxergou uma nova oportunidade e deu o pontapé inicial.

2. Criatividade borbulhando

Nos últimos anos, os pequenos empresários não tiveram escolha a não ser se tornar cada vez mais criativos com sua presença digital. E para muitos, isso abriu novas portas para impulsionar as vendas e construir sua marca no ambiente digital.

Lojistas das mais variadas áreas, começaram a realizar transmissões regulares no Facebook, no Instagram e no Youtube, com a presença de seus clientes mais engajados do que nunca, levando mais tráfego online e presencial para sua loja.

Em 2022, podemos esperar que as empresas, influenciadores e empreendedores que encontraram um mercado digital, combinando a arte da criatividade com as ferramentas de ciência de dados, finalmente descobrindo as estratégias que funcionam melhor para elas e para seus negócios.

3. Mensagens mais humanizadas

Outro desenvolvimento interessante é como as empresas estão usando mensagens para infundir personalização em suas comunicações com os clientes. As preferências das pessoas sobre como querem falar com as empresas estão evoluindo.

Nesta era digital, 75% dos adultos ao redor do mundo dizem que querem se comunicar com as empresas via mensagens, da mesma forma que se comunicam com amigos e familiares. À medida que transitamos da Internet móvel para o Metaverso, sabemos que veremos empresas grandes e pequenas trabalhando com formatos mais imersivos para forjar conexões pessoais online.

Embora isso possa parecer distante, as bases já estão em andamento. Por exemplo, as pequenas empresas agora podem realizar chamadas de vídeo via Messenger, permitindo que elas falem e vejam seus clientes, ajudando-as a responder perguntas mais rapidamente, fornecer melhor atendimento ao cliente e, claro, realmente conectar de pessoa para pessoa.

Por exemplo, quando um pescador esportivo comenta em um determinado blog de pesca, ele deseja ter uma resposta humana, de forma a estabelecer uma resenha saudável sobre seu esporte preferido.

4. Modelo híbrido de negócio

Muitas empresas agora estão operando em um modelo híbrido, o que significa que estão mantendo uma presença física, ao mesmo tempo em que vendem sua marca através de lojas virtuais que se tornaram uma necessidade durante a pandemia.

De certa forma, vemos a pandemia ter acelerado o que realmente significa ‘digital’ e, como resultado, não há mais uma divisão binária entre on-line ou off-line ou digital e não digital.

Um bom exemplo são as formas como você compra seus produtos de consumo atualmente, tendo como nova opção de entrega, a retirada na loja, ou seja, você realiza todo o processo de compra no ambiente virtual, e se desejar, pode retirar na loja física mais próxima da sua casa, sem a necessidade de esperar pelo transportador nem de pagar taxa de entrega.

Considerações finais

Apesar de todas as mudanças e inovações que vimos nos últimos anos e que estão por vir em 2022, algumas coisas permanecem as mesmas. A capacidade de observar, ouvir e se conectar com seus clientes e com o mercado será sempre primordial para o sucesso de pequenas empresas, e agora as ferramentas digitais tornam isso mais fácil do que nunca.

Gostou do nosso conteúdo sobre tendências para pequenas empresas em 2022? Então compartilhe ele em suas redes sociais. Se você precisa iniciar um site, blog ou comércio eletrônico, solicite orçamento enviando uma mensagem ou ligue (51) 99537-9296 ( VIVO / Whatsapp ). Siga Gauchaweb no Facebook ou e Gauchaweb no Instagram.

Deixe um comentário

Open chat
Precisa de um site?
Gauchaweb
Olá!
Precisa de um site, blog ou loja virtual?
Fale comigo agora...