Aprenda como levar o seu negócio físico para o meio digital em 7 dicas

Com a ascensão da internet e do e-commerce, os empreendedores estão movendo o negócio físico para o meio digital, aproveitando as mudanças de hábito dos consumidores, colocando-se frente a uma nova rotina na forma de fazer compras e socializar.

Essas são algumas das razões pelas quais as empresas estão se movendo para o mercado online. 

Além dessa ampliação do alcance e atualização no mercado, também vale afirmar que montar um negócio online pode ser um processo relativamente fácil em comparação com iniciar um no mundo real, bastando uma boa hospedagem – inicialmente.

No entanto, como nem todo mundo pode investir uma soma de capital financeiro considerável para expandir os negócios no ambiente virtual, é preciso tomar algumas iniciativas para garantir o espaço da sua marca e empresa no mundo online.

Tudo o que é preciso é trabalho duro e consistência para expandir seus negócios online. 

A seguir serão apresentadas 7 dicas sobre como passar seu negócio físico para o meio digital de modo gradual e orgânico.

  1. Selecione a plataforma de e-commerce ideal

Uma plataforma de e-commerce oferece recursos integrados e coesos voltados para varejistas e distribuidores.

Com isso, é possível gerenciar e executar operações essenciais de negócios, incluindo processos entre equipes, técnicos ou outros. 

Em última análise, o objetivo é atender às necessidades do ambiente digital de hoje, que é competitivo, cada vez mais centrado no cliente e rico em mídia.

Por isso, muitas plataformas de e-commerce oferecem recursos para gerenciar tarefas complexas relacionadas a diferentes finalidades, entre as quais:

  • Catálogos de produtos, 
  • Cobrança e pagamentos;
  • Divulgação de preços;
  • Inventário, 
  • Publicidade.

Para realizar seu trabalho com eficiência, as equipes funcionais vão do TI (Tecnologia da Informação), passando pelo marketing, cadeia de suprimentos, até atendimento ao cliente, e devem ter uma única fonte de dados em tempo real e um objetivo comum.

Além disso, no caso do “eu-commerce”, essa visão integrada permite um gerenciamento ainda mais ágil e fácil, permitindo que, enquanto empreendedor, consiga focar as atenções nos aspectos essenciais, no negócio como um todo e em processos individuais, quando necessário.

Como a mídia visual continua desempenhando um papel central no e-commerce, ou mesmo para empresas de auditoria em SP, os recursos de uma plataforma também devem ser simples e intuitivos, com foco na automação, otimização e consistência da marca. 

Por isso, as soluções de gerenciamento de mídia estão surgindo como um componente central da estratégia ideal de e-commerce, com o objetivo de administrar imagens e vídeos, além de conteúdo gerado pelo usuário em apoio à presença de um varejista ou marca no e-commerce.

Mais ainda, as plataformas de e-commerce permitem que as empresas se concentrem na construção de relacionamentos com os clientes e na venda de produtos, em vez de gerenciar os complexos requisitos de TI que alimentam o ecossistema digital. 

À medida que o número de canais online para o envolvimento do cliente aumenta, essas plataformas automatizam processos manuais complexos para que as empresas possam introduzir produtos e serviços mais facilmente, e os clientes acompanhem essas informações rapidamente, proporcionando uma navegação tranquila.

  1.  Preste atenção ao layout do design do site

Uma pessoa gasta, em média, menos de 15 segundos em um site. Esse precioso tempo, mesmo que pareça mínimo, é crucial para o seu negócio. 

Um web design atraente, de boa aparência e funcional pode ajudá-lo a atrair a atenção de seus visitantes em alguns segundos, fazendo-os ficar mais tempo na página.

Há estudos mostrando que até 38% dos visitantes abandonam um site se o layout não for atraente, e é mais provável que tomem essa decisão em 50 milissegundos. 

Agora você sabe porque bons recursos visuais desempenham um papel vital no crescimento do seu negócio independentemente do setor.

Mas isso certamente não significa que você precise criar um site com código completamente personalizado.

Isso porque, apesar de ser muito importante empregar sua personalidade para reconhecimento, existem alguns padrões visuais e de organização pré-estabelecidos para as páginas. 

Assim, ao criar um e-commerce sobre controle tecnológico de concreto ou mesmo um blog para complementar a loja, é importante verificar alguns comportamentos comuns dos usuários nesses canais e manter os padrões específicos do setor nas páginas. 

  1. Defina sua estratégia de SEO

A prática de SEO (Search Engine Optimization), ou otimização do motor de busca, é uma estratégia popular de marketing digital para expandir seus negócios online. 

Você pode obter tráfego maciço para o seu site a partir dos mecanismos de pesquisa. 

Ao dominar o SEO básico, você pode fazer muito para otimizar seu site em plataformas como Bing e Yahoo, mas principalmente no Google, e alcançar seu público-alvo com facilidade.

A otimização do motor de busca é um conjunto de diretrizes e métodos para tornar seu site amigável às plataformas de pesquisa.

Isso exigirá muito conteúdo de alta qualidade, como sobre uso de peças para compressor de ar – no caso de empresas que vendem esse tipo de item ou que prestam serviços de manutenção. 

Além disso, é preciso considerar que será necessário aguardar certo tempo de maturação para obter uma boa pontuação na pesquisa orgânica – o que ganha força a longo prazo.

Até que você possa alcançar esse marco organicamente, você pode investir algum capital em anúncios PPC (Pay Per Click) para obter sucesso a curto prazo, conciliando as vantagens de ambos os modelos de posicionamento.

Quando se trata de SEO, você terá que experimentar diferentes possibilidades e observar seus resultados de perto para identificar o que funciona melhor para o seu negócio em específico.

  1. Forneça conteúdo de alta qualidade

O marketing de conteúdo é uma estratégia de inbound marketing crucial para se adaptar se você está criando um blog da empresa ou uma descrição de produto. 

Trata-se de atrair a atenção do público interessado em saber mais sobre ar condicionado em Salvador, por exemplo, e fornecer-lhes o que eles precisam: informações.

Você precisa fornecer essas informações de uma maneira que mantenha os leads, ou seja, os clientes em potencial, engajados e interessados na compra.

Eliminar blocos de texto, usar cabeçalhos para separar pontos e manter a linguagem fácil de entender é apenas o começo.

Manter-se factual é outro aspecto crucial do conteúdo de alta qualidade. 

Sempre construa seu conteúdo com base em evidências que possam ser parte da colaboração com outras fontes, reforçando o valor do produto/serviço.

Você quer apresentar sua empresa como uma fonte legítima em uma época em que “fake news”, as notícias falsas, são lançadas regularmente.

  1. Comece a construir sua lista de e-mail

A maioria de seus visitantes nunca retornará. Portanto, se você não receber o endereço de e-mail deles, não poderá contatá-los no futuro. 

Captar esse contato o ajudará a construir um relacionamento forte e saudável com os leads e clientes consolidados.

Construir uma lista de e-mail é o método mais econômico para fazer isso, aproximar os usuários e reativa-los, se necessário.

Desse modo, a maneira mais segura de alcançar os visitantes do seu site de móveis com estrutura de ferro é através do email marketing.

Ao ter uma lista de e-mail de pessoas segmentadas e interessadas, você obtém uma rota direta para a caixa de entrada e consegue desenvolver ofertas, informativos e conteúdos mais qualificados para cada grupo de clientes.

Ou seja, é possível enviar novos conteúdos, promover novos produtos, avaliar feedback e aumentar o engajamento em seus canais online de forma qualificada e direta.

Comece oferecendo ao seu público-alvo algo de valor em troca de um endereço de e-mail, como um código de desconto para seus produtos, um e-book gratuito ou até mesmo um período de teste gratuito do seu serviço.

O objetivo é motivar os visitantes interessados ​​a disponibilizar os endereços de e-mail, para que você possa construir relacionamentos benéficos e de longo prazo, aumentando sua base de clientes.

  1. Aproveite o poder das redes sociais

As plataformas dedicadas às redes sociais têm um grande número de usuários ativos. 

Para se ter uma ideia, só o Facebook detém 1,93 bilhão de usuários ativos diários. Isso é cerca de 18% da população global. 

Os usuários do Twitter, LinkedIn, YouTube e outras plataformas de mídia social também são altamente engajados.

Com uma base de usuários tão grande, as redes sociais oferecem oportunidades de marketing digital diversas e segmentadas, atendendo, desde a venda de máquina de solda mig mag no modelo de negócios B2B (Business To Business), até o fornecimento de alimentos nutritivos para o usuário final no B2C (Business To Consumer).

Por isso, comece criando os perfis de rede social da sua empresa considerando essa audiência e os objetivos traçados Posteriormente, compartilhe as postagens do seu blog automaticamente nesses canais, bem como crie materiais próprios para essas plataformas.

Depois disso, você deve estimular os usuários a compartilharem seu conteúdo nas mídias sociais. Quanto mais rico e dinâmico for esse material, mais fácil os usuários farão essa atividade de forma orgânica.

Há muitas outras atividades que podem ajudá-lo a se envolver com o público-alvo nas redes sociais. O principal é manter seus perfis ativos, aumentar seus seguidores e direcionar o tráfego de volta ao seu site.

  1. Inicie um programa de afiliados

O marketing de afiliados é um programa de referência no qual uma pessoa interessada e cadastrada ao programa recebe uma comissão de um comerciante online, denominado anunciante, quando os clientes compram um produto por meio de seu link de referência.

De modo mais simples, o afiliado atua como um contato que realiza as vendas e o marketing para a empresa, mas sem vínculo, em troca da comissão que o negócio oferece a cada conversão realizada.

Com isso, a parceria com profissionais de marketing afiliados qualificados pode aumentar suas vendas em diferentes áreas, inclusive para negócios mais segmentados, como é o caso de etiquetas para produtos de limpeza, expandindo os negócios além da região em que a empresa está localizada. 

Para que isso seja possível os profissionais promoverão seu produto e gerarão vendas, e você pagará a eles uma comissão de vendas.

Um sistema de gerenciamento de afiliados ajudará você a rastrear a atividade de referência e a pagar seus parceiros de forma mais adequada.

Conclusão

Crescer um negócio online não é fácil, mas certamente compensa. 

Sempre haverá um cliente em potencial com a necessidade de comprar nobreak pesquisando sobre os itens disponíveis na internet para garantir a segurança dos equipamentos eletrônicos, por exemplo.

A importância do planejamento para alcançar o crescimento do negócio é clara nesse contexto. 

Afinal, o plano deve servir para a construção de estratégias e visa medir os resultados em relação ao marketing digital, o que ajudará a aumentar seus esforços continuamente.

Experimentar também é crucial para verificar qual método funciona melhor para uma determinada situação ou finalidade de negócio.

Não hesite em experimentar e testar várias táticas de marketing, como SEO, email marketing, rede social, conteúdo e marketing de afiliados e assim por diante. Os resultados podem surpreendê-lo.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Gostou do nosso conteúdo sobre como levar um negócio para o meio digital? Então compartilhe ele em suas redes sociais. Se você precisa iniciar um site, blog ou comércio eletrônico, solicite orçamento enviando uma mensagem ou ligue (51) 99537-9296 ( VIVO / Whatsapp ). Siga Gauchaweb no Facebook ou e Gauchaweb no Instagram.

Deixe um comentário

Open chat
Precisa de um site?
Gauchaweb
Olá!
Precisa de um site, blog ou loja virtual?
Fale comigo agora...