Passo a passo para ser um gamer profissional

Muito além de um passatempo, os jogos podem ser uma carreira e gerar bons frutos. Mas, para isso, é preciso seguir alguns passos

Em 1972 foi lançado o primeiro videogame eletrônico e talvez naquela época ninguém imaginava que, décadas depois, os games poderiam ser usados como instrumento de trabalho. Quem sonhava em ganhar a vida jogando, finalmente pode ver esse desejo se tornar realidade.

Em 2021, a indústria global de games movimentou US$ 175,8 bilhões, de acordo com dados da consultoria Newzoo. Os jogadores profissionais podem conquistar salários altos com competições, patrocínios, publicidade e monetização de vídeos.

Mas ao contrário do que muita gente pensa, a carreira não é uma brincadeira de gente grande. Para ser profissional e colher os frutos de um mercado em ascensão, é preciso muito mais do que jogar bem e saber escolher os melhores equipamentos.

O que é preciso para se um gamer profissional

Os gamers são profissionais do segmento de e-sports considerados atletas digitais. Assim como ocorre nos esportes tradicionais, esses atletas se dedicam diariamente e treinam por horas para obterem um bom desempenho nas partidas.

Investir em equipamentos de qualidade, estudar sobre o mercado, treinar constantemente, consumir conteúdo gamer e manter uma rotina saudável são alguns dos passos que devem ser levados a sério por quem deseja jogar profissionalmente.

Invista em equipamentos

Os equipamentos são instrumentos de trabalho de todo jogador e, por esse motivo, são essenciais para quem busca atuar no mercado de e-sports. Saber escolher o melhor monitor gamer, um CPU de qualidade e um headset, por exemplo, pode influenciar diretamente na performance nos jogos.

Embora o investimento não seja tão barato, esses equipamentos são o ponto de partida para a carreira de pro-player. Para encontrar os melhores itens, vale a pena realizar uma pesquisa na internet ou até mesmo saber a opinião de outros profissionais da área.

Atualmente, existe uma grande variedade de lojas voltadas para o mercado gamer e é possível encontrar equipamentos mais acessíveis, que podem ser uma boa opção para quem é iniciante.

De modo geral, um setup gamer deve ser composto por:

  • CPU;
  • monitor;
  • teclado;
  • mouse;
  • headset;
  • microfone;
  • câmera (para quem pretende fazer streamings).

Priorize o conforto na hora de jogar

Os jogadores profissionais passam horas na frente do computador se dedicando ao desempenho nos jogos. Sendo assim, é importante investir em detalhes que proporcionem conforto e não prejudiquem a saúde.

Ter uma boa postura corporal pode influenciar diretamente na atuação das partidas. O desconforto gera desconcentração e, posteriormente, dores em regiões do corpo. Os detalhes que podem impactar diretamente nesse aspecto são a mesa e cadeira.

É importante que esses itens sejam confortáveis e ergonômicos. Além disso, a iluminação do ambiente também pode ajudar a trazer uma sensação de bem-estar e maior visibilidade de tela.

Descubra qual jogo irá jogar

O universo gamer conta com uma ampla variedade nos jogos que agradam aos mais variados gostos e tipos de jogadores. É possível optar pelos de tiro em primeira pessoa (conhecidos como FPS), estratégias em tempo real (RTS), arenas de batalha multijogador online (MOBA), entre outros. Os jogos mais populares atualmente são:

  • Tiro em primeira pessoa: Call of Duty, Counter-Strike, Battlefield e Overwatch;
  • Estratégia em tempo real: Starcraft 2;
  • Multijogador: League of Legends, DOTA 2 e Heroes of the Storm.

Para quem deseja atuar no mercado competitivo, pode ser interessante conhecer um pouco sobre cada uma das modalidades e escolher o jogo de melhor desempenho para competir.

Estude bastante sobre o jogo

Após escolher o jogo ou a categoria para competir, é preciso estudar sobre ele. Para isso, pode ser interessante consumir conteúdos desse universo e entender mais sobre o funcionamento do mercado gamer.

É importante estudar sobre as melhores estratégias, táticas e estar por dentro das novidades do jogo. Esses aspectos podem ajudar a evoluir as habilidades e melhorar o desempenho nas partidas.

Outra coisa importante é a escolha do seu nome no jogo (nick), e muitos jogadores recorrem a um gerador de nick, principalmente no Free Fire.

Tenha uma vida saudável

Passar o tempo jogando e ganhar dinheiro com isso é uma ideia que agrada muitas pessoas, mas é preciso fazer isso com responsabilidade para não trazer problemas a saúde. É necessário ter controle e saber a hora de parar, para reservar um tempo para o repouso.

Além disso, também é importante manter hábitos saudáveis, com uma alimentação balanceada e a prática de exercícios físicos. O mercado de e-sports é promissor e pode oferecer muitos benefícios para um gamer profissional, mas sem cuidar da saúde, o desempenho pode ser comprometido e impactar diretamente a carreira.

Considerações finais

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe da Luiz Affonso Mehl para o Blog Gauchaweb.

Gostou do nosso conteúdo sobre a carreira de gamer profissional? Então compartilhe ele em suas redes sociais. Se você precisa iniciar um site, blog ou comércio eletrônico, solicite orçamento enviando uma mensagem ou ligue (51) 99537-9296 ( VIVO / Whatsapp ). Siga Gauchaweb no Facebook ou e Gauchaweb no Instagram.

Deixe um comentário

Open chat
Precisa de um site?
Gauchaweb
Olá!
Precisa de um site, blog ou loja virtual?
Fale comigo agora...