Shadowban: o que é e como se prevenir

shadowban o que é e como se prevenir

O engajamento nas redes sociais faz parte das estratégias de marketing de empresas que usam essas plataformas de divulgação mas, dependendo do conteúdo, pode sofrer um Shadowban, uma penalização sem que saiba que está sofrendo a punição.

Esta prática está relacionada com a rede social voltada para fotos e imagens, o Instagram, mas também pode ser aplicada em outras, como Facebook e Twitter, devido aos termos e condições apresentados na hora da formalização do cadastramento.

O shadowban é uma forma que as redes sociais encontraram de diminuir o engajamento de uma publicação conforme o que foi postado, caso sintam que este (ou ações por trás dele) firam alguma norma. 

Inclusive, pode ser por causa da própria figura estampada em uma imagem ou fotografia, ou uma hashtag (#) utilizada para destacar uma palavra-chave específica.

Shadowban é prática recorrente sem perceber

A publicação de uma postagem nas redes sociais, quando produzida a fins comerciais, tende a criar uma expectativa de que seja visualizada, curtida e compartilhada por centenas, e até mesmo milhares de seguidores. 

O que acontece quando uma única publicação apresenta uma variação muito grande, pode ter dois significados distintos: ela viralizou por um bom motivo; ou então foi utilizado uma prática de automação, como bots, o que foge à regra da plataforma digital. 

No primeiro caso, o shadowban pode não ocorrer, mas o número de seguidores pode aumentar de forma considerável, mesmo que em uma escala orgânica e aceita pela plataforma. 

Se a postagem foi alvo de bots, os robôs virtuais que se espalham e podem ser comprados de maneira ilícita, então a plataforma pode aplicar o shadowban, que pode durar entre 24 horas e, dependendo da extensão, até por algumas semanas. 

As empresas que trabalham com serviço terceirizado para conservação e limpeza em BH e toda Minas Gerais de condomínios residenciais e comerciais podem fazer uma postagem direcionada para um público localizado.

Entretanto, é possível que a postagem tenha um alcance muito amplo, e cause uma procura dos mais diferentes pontos de um estado federativo.

Assim, a plataforma digital responsável pela rede social pode identificar se houve alguma modificação significativa na interação dos usuários.

Caso seja observado que o crescimento aconteceu de maneira orgânica, o shadowban não ocorre. 

Se a procura por portaria 24 horas terceirizada se torna uma pesquisa frequente, as empresas relacionadas devem aproveitar as hashtags para implementar a prática de SEO (Search Engine Optimization) e incluir palavras-chave que podem ser utilizadas para o marketing de conteúdo.

Ou seja, é preciso acompanhar periodicamente o que está em evidência, de maneira positiva, e empregar nas publicações das redes sociais. 

O que deve ser evitado pode ser pesquisado na própria plataforma, sendo sinalizado de forma específica a contradição com os termos de uso.

As consequências desfavoráveis para as empresas

Quando uma equipe responsável pelo marketing digital não percebe que a empresa pela qual atua está sofrendo shadowban, as consequências podem ser catastróficas, em relação ao engajamento e presença nas redes sociais. 

Para alcançar um público de qualidade, que esteja interessado em uma marca, nos produtos e serviços oferecidos nas contas comerciais, o shadowban não interfere tanto, pois a publicação continua sendo exibida. Porém, apenas na linha do tempo da empresa.

A publicação de uma postagem de uma empresa de manutenção de computadores que sofre shadowban por causa de uma hashtag específica pode reduzir o número de visualizações e o alcance entre os seguidores e não seguidores.

Isso também pode afetar até mesmo na questão orçamentária e no ROI (Returno Over Investiment), caso seja aplicado parte do orçamento de uma campanha publicitária. 

O shadowban interfere na exposição das postagens sem qualquer tipo de bloqueio devidamente explícito, ou com um comunicado oficial. 

O que acontece é que a publicação fica escondida ao longo da linha do tempo, não é identificada pelas hashtags e, caso seja uma empresa que usa localização, nem essa atua de forma efetiva durante o banimento.

Sendo assim, as consequências podem ser, realmente, catastróficas em todos os sentidos, e é preciso aplicar medidas para recuperar os danos e evitar que o ban ocorra novamente, como verificar os tipos de publicações realizadas e as hashtags usadas.

Como evitar o shadowban na prática

As plataformas digitais possuem ferramentas próprias que permitem maior engajamento, ou uma divulgação mais ampla junto ao público-alvo, se assim a empresa desejar. 

Logo, é importante evitar utilizar ferramentas de terceiros dentro do Instagram, do Twitter ou do Facebook, três das maiores empresas que se encontram em atividade entre as mídias digitais. 

Assim que uma campanha de empresas de combate a incendio em SP vai ao ar, é preciso relacionar, com bom senso, às boas práticas e como isso é importante ser de conhecimento público.

Se forem apresentadas fotos que causam repúdio, ou ferem as regras da plataforma digital, pode ser o primeiro motivo para o shadowban, pois pode receber muitas denúncias dos próprios usuários, sendo bloqueado temporariamente para análise detalhada da plataforma.

No entanto, mesmo esse curto espaço de tempo pode impactar de maneira direta nas estratégias da marca.

Sendo a postagem sobre um projeto eletrico completo, é preciso se certificar que as imagens estão relacionadas à proteção sobre as instalações elétricas, os meios de segurança em uma residência ou no ambiente de trabalho e reduzir o compartilhamento de materiais mais sensíveis sem as devidas sinalizações. 

Dessa forma, para evitar o shadowban na prática, é necessário ter bom senso e entender que as redes sociais, até determinado ponto, são públicas e estão à vista de quem acessa. 

Esconder postagens é se auto aplicar um shadowban, o que nenhuma empresa deseja quando precisa de visualização e interação.

Dicas para seguir as regras e termos impostos

De acordo com o comportamento do usuário, seja uma conta pessoal ou comercial, pode ocorrer o shadowban, mesmo que por um curto período de tempo. 

As redes sociais têm como função principal a interação com outras pessoas, e as empresas aproveitam os espaços disponíveis para:

  • Apresentar novidades;
  • Divulgar os produtos e serviços;
  • Promover as vendas;
  • Reforçar a marca.

Para que esse serviço seja contínuo, algumas dicas podem ser muito úteis, tanto para usuários que utilizam as redes para se divertir, como para as empresas que apostam no marketing digital com estratégias para posicionamento e destaque perante a concorrência. 

1. Mantenha a conta ativa e acessível

A divulgação de um projeto de educação ambiental para a sustentabilidade pode ter um alcance além do próprio território nacional. 

A conta ativa e acessível para todos os usuários da plataforma pode indicar uma interação bastante positiva e com retorno fora do comum. 

Sendo assim, para ter continuidade e crescimento orgânico de seguidores, é preciso manter a conta ativa e com postagens que atraiam os usuários de maneira positiva.

2. Tenha cuidado com o conteúdo publicado

Como foi dito anteriormente, todo conteúdo publicado está acessível aos usuários das redes sociais que mantêm uma conta. 

Uma empresa que oferece divisória sanitária em painel laminado melamínico estrutural precisa entender que há um público específico para esse tipo de produto, e deve utilizar as hashtags de acordo com o material oferecido. 

Com isso fica mais fácil ter um alcance apropriado, condizente com o planejamento de marketing e o objetivo da equipe de vendas. 

3. Todo problema deve ser relatado à plataforma

Quando uma pessoa ou uma empresa percebe que há algo errado com a conta pessoal ou comercial, é preciso entrar em contato com a plataforma digital e solicitar uma verificação, para entender se está sofrendo shadowban ou qualquer outro problema.

A partir do momento que a publicação sobre removedor de tinta automotiva valor fere a política sobre produtos controlados, a equipe de marketing precisa rever se o problema está na postagem ou nos termos de uso da plataforma. 

Assim, fica mais fácil entender o que pode e o que não pode ser publicado, para não sofrer qualquer tipo de censura, ou ir contra as regras propostas pela plataforma digital responsável pela rede social. 

Isso porque a longo prazo, quando as punições se tornam frequentes, até mesmo a exclusão da conta pode ocorrer.

Conclusão

É preciso rever todo o planejamento da campanha publicitária para que o shadowban não desfalque o alcance projetado para uma postagem. 

Isso é ainda mais necessário quando se trata do lançamento de um novo produto ou serviço, ou no caso de um reposicionamento da marca empresarial.

No mais, é preciso colocar em prática o bom senso e a inteligência, em conjunto com a criatividade, para que as postagens sejam apresentadas na linha do tempo das redes sociais, como realmente deve ser, seguindo a proposta da plataforma.

A presença de boas práticas leva em consideração as imagens que são apresentadas, os vídeos que estão publicados, mesmo no modo em que desaparece em 24 horas, ou na reprodução contínua utilizando as ferramentas da própria plataforma digital. 

Enfim, é preciso entender que há regras que devem ser cumpridas, e o shadowban, mesmo que temporário, pode ser muito prejudicial a médio e longo prazo, causando até mesmo a interdição da conta.

Como ninguém deseja esse tipo de dor de cabeça, é preciso evitá-lo ao máximo, seguindo os termos e condições apresentados, conforme estipulado desde o início. 

Assim, a experiência do usuário é satisfatória, e a divulgação para um público cada vez mais amplo, como meta comercial, se realiza continuamente.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Gostou do nosso conteúdo sobre Shadowban? Então compartilhe ele em suas redes sociais. Se você precisa iniciar um site, blog ou comércio eletrônico, solicite orçamento enviando uma mensagem ou ligue (51) 99537-9296 ( VIVO / Whatsapp ). Siga Gauchaweb no Facebook ou e Gauchaweb no Instagram.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *