6 modelos de Marketing Digital

6 modelos de marketing digital

Enquanto a tecnologia avança a passos largos, todo o mundo e diversos processos precisam acompanhar, e o Marketing Digital precisa se ajustar em meio a toda a evolução implementada na sociedade.

Comparado a outros processos evolutivos recentes da história, as novas tecnologias estão se inserindo na rotina social de forma mais popular, mais acessível. 

Isso se deve ao barateamento de peças e produtos, principalmente com as mudanças nos hábitos de consumo observados no modelo capitalista de negócios. 

Para divulgar tudo que é oferecido no mercado, o marketing vai se ajustando conforme as possibilidades e mudanças surgem, sempre se baseando em bom senso e criatividade, que são essenciais para garantir a presença de marcas nos mais diferentes produtos e serviços. 

1. Como as empresas tratam o marketing digital

Os processos que integram o marketing digital estão avançados, obrigando muitas empresas a se adaptarem a novas ferramentas de divulgação. 

A inovação em relação ao mercado consumidor e a concorrência também é visível, porém é preciso se destacar de alguma forma, tal qual a publicidade exige das empresas que querem se colocar como escolha de fornecedores e clientes.

As empresas que trabalham no setor de terceirização de serviços de limpeza Fortaleza precisam conquistar clientes como condomínios residenciais, fábricas e estabelecimentos comerciais, para que possam oferecer mão de obra especializada e produtos adequados.

Isso exige uma estratégia como o inbound marketing, em que a principal função é atrair os leads, ou potenciais clientes, e empregar o funil de venda dentro da jornada de compra, seguindo as etapas de:

  • Atração;
  • Conversão;
  • Venda;
  • Encantamento.

De fato essa estratégia é uma das mais utilizadas quando se trata de marketing digital, pois as ferramentas utilizadas estão relacionadas com o acesso facilitado e direcionamento a pontos de interesse por parte do lead e da empresa. 

Isso significa que é possível enviar um e-mail marketing e, ao clicar em um link disponibilizado pela empresa, o internauta ser levado a um hotsite ou uma landing page para complementação de dados. 

Logo, o tratamento do marketing digital pelas empresas deve ser amplo e variado, aproveitando ao máximo todas as possibilidades de divulgação que as ferramentas oferecem.

2. Segmentos produtivos variam acesso ao cliente

Não é apenas o e-mail marketing que pode ser aplicado para proporcionar uma jornada de compra efetiva e satisfatória. 

A construção civil, por exemplo, pode oferecer melhorias e personalizações em um projeto imobiliário, como a instalação de porta de vidro blindada preço incluso no custo final, a partir de uma estratégia de up selling da mercadoria.

Ou seja, a estratégia pode ser inserida no marketing digital como forma de individualizar um projeto arquitetônico, desde que não seja prejudicial à estrutura empregada no imóvel. 

Os anúncios aplicados em sites corporativos, blogs informativos, ou mesmo nos portais de notícias, podem levar a uma página dedicada às trocas ou melhorias conforme a vontade do comprador. 

Essa é outra maneira de garantir que os consumidores se sintam com o poder da escolha em mãos, mesmo que seja por meio de um mouse e um teclado, enquanto personalizam um novo imóvel que está interessado.

Do piso no chão à tinta aplicada nas paredes, dos lustres até o portão residencial preço pode ser diferenciado, desde que esteja disponível de forma clara e deixe o cliente ciente, devidamente estampado no marketing digital, e todas as páginas que se seguem.

Dessa maneira, o cliente pode ter uma casa ou um apartamento completamente funcional, de acordo com os desejos e necessidades, e tudo provocado a partir do marketing digital ao qual teve acesso desde o princípio.

3. Mídias tradicionais abrem espaço para o digital

O clique em um link de propaganda é a modernização da abertura de um folheto de duas dobras, em papel couche entregue por pessoas que trabalham nas ruas distribuindo esse tipo de material de divulgação.

Eles ainda são entregues em ocasiões distintas, mas esse tipo de mídia tradicional está, cada vez mais, caindo em desuso. 

O acesso à internet e aos aparelhos eletrônicos tem crescido exponencialmente, o que permite que uma loja que vende berço que vira caminha com comoda possa disponibilizar um QR code como facilitador de acesso ao catálogo de outros móveis e adereços de decoração. 

Mesmo as mídias tradicionais possuem o QR code como um complemento para que os leitores de jornais e os telespectadores possam acessar o marketing digital, apontando a câmera de um aparelho celular para reconhecimento desse tipo de código. 

Sendo assim, cabe às empresas se adaptar ao novo, ao moderno, e garantir que os clientes possam ter acesso não só a um catálogo, mas a um e-commerce que facilite a escolha dos produtos e no qual possam fazer a compra de maneira online.

4. Estratégias definidas conforme a realidade

O setor industrial trabalha, na maioria dos modelos de negócios, como B2B (Business To Business), ou seja, de empresa para fornecedores, produzindo bens de consumo intermediários, ou mesmo o produto final, como é o caso da indústria automobilística.

Nesses casos, o marketing digital é segmentado, seja para as fábricas que fazem a montagem de placas eletrônicas para a construção de um aparelho de televisão ou um computador pessoal. 

Nesse caso, a estratégia adotada pelo marketing digital pode ser direcionado a um público específico, denominado Guest Post, em que os artigos são produzidos por especialistas e enviado para pessoas devidamente selecionadas para a recepção desses materiais. 

Isso promove a autoridade da empresa em se tratando de um assunto que lhe diz respeito, e quais as novidades e possibilidades alcançadas com os produtos oferecidos. 

Para o setor industrial isso envolve a modernização da planta fabril com a instalação de atuador de dupla ação em um sistema integrado produtivo, ou nas melhorias implementadas em determinada linha de produção. 

De qualquer forma, o guest post também pode ser implementado em redes sociais ou blogs corporativos, para ajudar no ranqueamento dos sites industriais em plataformas de busca.

5. A prática de SEO no marketing de conteúdo

O que leva a uma estratégia muito pertinente quando se trata de marketing digital. O ranqueamento em plataformas de busca demonstra um posicionamento quando o algoritmo reconhece a autoridade e as palavras-chave empregadas em:

  • Artigos;
  • Podcasts;
  • Textos;
  • Vídeos.

O marketing de conteúdo trata do enriquecimento com materiais que podem ser reconhecidos como a solução de uma pesquisa específica, colocando em prática o SEO (Search Engine Optimization) como destaque nessa estratégia.

Esse modelo de divulgação funciona para o setor industrial, assim como de serviços, em que um escritório despachante pode divulgar os serviços de transferencia de veiculo pr valor conforme estabelecido no mercado. 

Essa tática coloca em evidência não só a autoridade de uma empresa em relação à atuação no mercado, o atendimento ao cliente final e a postura perante assuntos de interesse. 

Também permite que seja possível demonstrar que as redes sociais fazem parte de um mundo amplo em que o marketing digital.

6. Plataformas de busca são acessadas diariamente

Por falar em SEO e plataforma de busca, é preciso lembrar que as pesquisas dentro de um site ou uma rede social também estão disponíveis, o que valida o marketing digital em apelar para essas ferramentas muito úteis em diferentes níveis de atuação.

Além das palavras-chave, as imagens, vídeos e áudios aplicados dentro das plataformas podem servir para uma pesquisa que reforça o marketing digital. 

O modelo de native advertising implica em textos, artigos e outros tipos de postagem nas redes sociais que estão associadas a uma marca de vending machine Brasilia ou uma loja de eletroeletrônicos instalado em qualquer parte de todo o território nacional.

Esse tipo de marketing digital trata de propaganda nativa, produzida para atrair os consumidores por meio de links dedicados em formato de publieditorial, ou mesmo no formato de e-book gratuito para garantir a captação de dados e uso posterior.

Contudo, é preciso seguir a política de cada plataforma para esse tipo de marketing digital, mas é uma saída inteligente em relação a outros modelos que podem ter uma interação baixa.

Conclusão

Os modelos de marketing digital variam de acordo com o segmento em que precisa ser implementado. 

Da mesma forma que as estratégias e ferramentas são utilizadas para atrair um público cativo e cada vez mais antenado nas novidades tecnológicas.

Cabe a cada empresa entender a dinâmica que melhor se aplica à realidade, e colocar em prática o que melhor convém, sempre lembrando em explorar de forma eficiente a criatividade, além de impor o bom senso como base fundamental de qualquer divulgação.

O marketing digital tem poder de ter diferentes formatos, apostando em formas significativas na hora de se comunicar com o consumidor, conforme o interesse desse público e até os objetivos visados pela estratégia de marketing.

Entre as opções existentes, é possível citar:

  • Ação;
  • Imposição;
  • Interatividade;
  • Passividade.

Cada um desses pontos pode ser aplicado de maneiras exclusivas e personalizadas, sempre buscando um diferencial que chame a atenção dos consumidores de uma forma positiva. 

Além disso, há os ajustes que podem ser aplicados se algo demonstrar estar fora de sintonia.

Por fim, é preciso estabelecer como meta as ferramentas mais apropriadas e manter a tecnologia sempre em evidência, para alcançar o público interessado em novidades e soluções apresentadas pelas empresas. Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Gostou do nosso conteúdo sobre modelos de Marketing Digital? Então compartilhe ele em suas redes sociais. Se você precisa iniciar um site, blog ou comércio eletrônico, solicite orçamento enviando uma mensagem ou ligue (51) 99537-9296 ( VIVO / Whatsapp ). Siga Gauchaweb no Facebook ou e Gauchaweb no Instagram.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *